segunda-feira, 12 de março de 2012

Correção

Não paro pra pensar,eu nem consigo,não tenho um momento em que digo,agora pensarei. Nasci nesse pais e vivi na mesma cidade,hj em dia sou um turista,um estranho num lugar q estive a maior parte da minha vida,aih vão falar pow vc n faz direito,ele tah errado,olha q idiota;só q pra mim é o certo é sobre minha vida que falo,vivo de uma maneira que deixa os deficientes que se chamam de soldiers mais alegres.Como as crianças imitam os adultos e os adultos sao estes mesmo,é obvio que nunca veremos mudança. Vamos celebrar a estupidez humana...

quinta-feira, 1 de março de 2012

Punk is my daddy

Tenho um passatempo muito interessante, uma vez a cada 15 dias vou na casa de meu primo tomar wiskhey com energeticos , e fico o assistindo jogar video game online,normal ,não pra mim um desajustado que consegue ser estranho até com sua familia.Fico a maior parte de tempo no computador infernizando meus amigos pela net.Eu penso muito sobre liberdade,penso como conseguem nos fazer pensar em coisas superficiais, que nunca foram nossa cara.As pessoas subestimam o poder da maquina,deixam ser levados por sentimentos que não são genuinos...
A grande verdade é que temos uma pequena mão e tudo tem o tamanho que so conseguimos carregar com duas.
O sol, o heroi, os "anjos da rua",os babacas que conseguem estar a frente de todos,tornaram comum essas falhas e erros que parecem ter saido do filme matrix.
Quem ganha, o consumismo ganha,a moral dos herois ganha,os descolados sempre ganharão,só tem um detalhe,as pessoas são o que são,freaks são uma importante força que contribui para a harmonia,e porque não ,nem deveriamos saber que somos diversificados.
Não sei o que causa as fatalidades,mas o mundo não é um lugar tão ruim,pra mim é péssimo em diversos modos,só que sei que respeito é uma coisa importante,se negam respeito a uma pessoa ela não consiguirá mais respeitar as pessoas de verdade.


Tô com sono então aih vai um trecho de uma musica do DOD:

Não vou mais insistir.
Não vou mais tirar de mim
a maquiagem borrada
e este gosto que não sabe parar.
Não vou mais tentar fingir ser forte e sorrir
quando nada mais me satisfaz...
então deixa amanhecer...

Lembrando q pessoas que viajam conhecem o mundo enquanto outras são cosmopolitanas e nunca nem sairam do país,beijo na bunda até outra cavocada no meu quadro de coisas que eu gostaria que o mundo soubesse de mim...




ouvindo Sick Of Everyone - Sum 41

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Patético

Como dizia aquele tal,o tal que enrolava o rei.
Mantenha-se mediocre ,pois teus inimigos não lhe perturbarão!
Tento ser patético,sim,por que fazer parte da massante classe dos atletas intelectuais?
Sou um viciado,admito um viciado,viciado em tentar ser feliz,viciado a sentir a brisa da liberdade,viciado em estar certo(como se esses erros de portugês não mostrassem o quão errado estou).Agradeço todos os dias a mim mesmo,por ter me instalado num sistema covarde,caotico,desleal,sem ao menos ter sujado minhas mãos com nada.
Olho prum animal e vejo a sutileza arte de ser livre,sem dogmas, sem teatro sem conversa fiada.Bem ao menos tenho amigos,sim isso enche a barriga.
A beleza que não vejo no espelho ,só me faz lembrar,lembrar que já estou 27 anos atrasado pra fazer tudo, comprar todos ,mas como dizem todos os nobres servos da dignissima religião chamada viver,deixa pra lá é só uma garota,é só um animal morto,são só negocios,é a vida,vem tá quentinho aqui.
Sabe o que é melhor em ser patético? Não dou ao luxo de perguntar, de imaginar,de manipular,espero sempre o momento exato pra melhor piada,me ver encaixado numa gostosa maquina de odiar,e é claro a melhor parte:ver todas as pessoas que são importantes pra mim,preferirem o sistema.



ouvindo - Valentina - Carbona